LAZER A 90 quilômetros de Vitória/ES, o balneário de Piúma, tem algumas das praias mais bonitas e tranquilas do sul Capixaba. Somado a isso, boas opções de gastronomia e badalação diurna e noturna. A praia de Piúma, com cerca de 4km, é rasa, com ondas fracas e areia fina. Na maré baixa, possibilita caminhar dezenas de metros mar adentro com água pela cintura. É conhecida como a "Cidade das Conchas" devido a abundância de conchas encontradas. PONTOS TURÍSTICOS: Monte Aghá  Símbolo natural do município, com 340 metros de altura e forma cônica, o Monte Aghá se destaca na paisagem e chega a ser utilizado como marco seguro para navegação em todo o litoral sul do Estado. Além de atraírem jovens e adultos para caminhadas, as fortes correntes de ar, na face leste do monte, permitem a prática de vôos livres. O nome “Monte Aghá”, em puri antigo, quer dizer “lugar de se ver Deus”. Nele floresce, em outubro, a orquídea azul “SinningcaAghacnse”, descoberta por Roberto Kautsky. A flora e a fauna do monte são ricas em bromélias, emas e animais silvestres. Ilha do Gambá Tombada como patrimônio paisagístico, é refúgio pra aves e animais marinhos. Nesse parque natural foram descobertas anêmonas ainda não catalogadas no mundo. É a maior em qualidade de algas marinhas do Brasil. Própria para a prática de trekking, mountain bike, pesca e mergulhos. Possui uma pequena praia com águas calmas, onde se desenvolvem também as conchas. Ilha do Meio Está localizada a 500 metros da praia. É um parque natural tombado como patrimônio paisagístico. Sua flora é rica em bromélia, orquídeas e árvores nativas. Bastante procurada para pesca de arremesso. Quando a maré está baixa é possível chegar até ela a pé. Ilha dos Cabritos Parque natural de flora e fauna tombado como patrimônio paisagístico. Sua praia é pequena e de águas cristalinas. É coberta por matas nativas, com trilhas rústicas próprias para caminhadas. O acesso é feito por barco ou escuna, a partir da Ilha do Gambá ou da Praia do Corujão. Com ancoradouro para barcos e veleiros, a ilha fica a 15 minutos do continente e possui restaurante com especialidade em frutos do mar e moqueca capixaba. Abriga, na sua proximidade, a fazenda marinha da maricultura, com cultivo de ostras e sururu. Ilha dos Franceses Parque natural de flora e fauna, a ilha é patrimônio paisagístico. A 45 minutos do continente, o acesso é feito de barco e deve ser programado com antecedência. A praia é pequena e as águas transparentes são indicadas para a prática do mergulho. O local possui um farol construído no ano de 1730 pelos franceses e alimentado por energia solar. Na gruta do Judeu, no centro da ilha, o cientista Augusto Ruschi descobriu o morcego pescador, uma espécie em extinção. Feira do Sol De projeção nacional, a Feira do Sol concentra um grande número de artistas, que expõem seus trabalhos. Já fazendo parte do roteiro turístico da cidade,os expositores – de todos os lugares do país – representam a diversidade da produção artesanal local e, também, brasileira. O forte da feira são o artesanato local, peças de vestiário para praia, antiguidades, pratarias e discos, além de bijuterias. Outra atração são as barracas de alimentação que vende doces, pastéis e comida típica. Feira de Artesanato Localizada na Praça Dona Carmen, na Avenida Beira, a Feira de Artesanato comercializa todo tipo de peça artesanal produzido no município, principalmente o artesanato de conchas, como cinzeiros, cortinas, luminárias, brincos, chinelos e souvenirs de várias formas.   Praça dos Pescadores – Cais Alcides Abrahão Localizada em frente ao manguezal e na beira do Rio Piúma. Ancoradouro para barcos de pesca e passeio pelo rio, local de encontro das famílias de pescadores.   Santa da Pedra Localizada na Boca da Barra, a imagem de Nossa Senhora da Conceição, foi doada por um padre Jesuíta em 1955. Ela está dentro de uma caixa de vidro, sobre uma pedra localizada no canal da foz do Rio Piúma. É a Santa protetora dos pescadores.   Praça das Garças Em frente ao manguezal do rio Piúma, serve de repouso e reprodução das garças capineiras, que chegam a revoada todo o fim de tarde, um espetáculo para os turistas.   Morro do Ilkyara É um dos pontos mais altos da cidade, possui uma antiga construção de umHOTEL . Tornou-se um mirante com vista panorâmica de 360 graus em direção à ilha de Piúma. Localiza-se na Rodovia do Sol a poucos metros do Monte Aghá.  Morro do Americano Vista panorâmica da cidade e região, localizado no bairro Portinho. Do alto do morro, pode-se ver a cadeia de ilhas, praias, rio, manguezal e Monte Aghá. Capela de São Pedro Localizada próximo ao Cais Alcides Abrahão, a Pequena Capela de São Pedro construída pelos pescadores que queriam homenagear o seu padroeiro São Pedro. Mercado de Peixe Localizado na beira do rio Piúma, Praça Oenes Taylor, é também porto para atracar os barcos pesqueiros. Mariscos e frutos do mar são comercializados no local. Praia do Lameirão (Ponta do Camarão) Praia calma pertencente à Ilha do Gambá. As atividades no local vão do banho de sol e de mar à pesca e lazer aquático. Praia Acaiaca Logo após o Lameirão (início da praia, onde a areia monazítica forma uma espécie de “lama” escura), é uma praia também de águas rasas e de poucas ondas, própria para crianças e idosos. É onde começa a parte mais movimentada da orla piumense durante a alta temporada. Boca da Barra Fica próximo ao centro da cidade. Na margem direita do rio temos a “Praia Doce”, na margem esquerda o Morro do Ramiro. É a saída para os barcos de pesca de Piúma em direção ao alto mar. A Boca da Barra também oferece diversão para os surfistas locais, em ocasiões de mar agitado, proporcionando ondas propícias ao esporte durante a baixa-mar. Praia Doce Praia de águas calmas, areia fina e solta. Está exatamente na foz do Rio Piúma, Oferece instalações como quiosques e pousadas. Nela, estão a Igreja de Nossa Senhora da Conceição e o IFES – Instituto Federal do Espírito Santo. Praia do Coqueiral Praia mansa, areia monazítica é onde se concentra famílias e crianças, concha pó, lisa; asas de anjo e búzios. Praia do Corujão Fica logo depois da Praia do Acaiaca, é a área mais badalada da orla durante o verão. Águas rasas, porém com ondas um pouco mais fortes é a mais frequentada pelos turistas. Dela saem barcos e escunas para diversos passeios no litoral, como Ilha dos Cabritos e dos Franceses e até mesmo para outras praias em cidades próximas. Os banana-boats fazem a alegria da criançada e dos adultos também. Praia Maria Neném ou do Aghá A maior em extensão, porém pouco frequentada, possui águas rasas e muitas ondas, sendo propícia ao surf e kitesurf. Em suas areias podemos encontrar uma grande variedade de conchas, onde as “catadeiras” garimpam o material necessário para fazer o bonito artesanato em conchas de Piúma, o qual já é bastante conhecido e apreciado, até mesmo fora do país. Praia do Pau Grande Praia de águas profundas próprias para pesca de robalo, cação e badejo. Ótimas ondas para a prática do surf. Local tranquilo mesmo na alta temporada, sua água possui elevado nível de salinidade. Fica a 02 km do centro. Lagoa da Conceição Própria para a cata de conchas para artesanato, que se faz com peneira dentro d’água. É divisa dos municípios de Piúma e Anchieta.   Pedra de Itapetinga Localizada entre a praia do Martinho Moreira e Maria Neném, é um berçário para a reprodução de marisco e peixes. No período da baixa maré forma uma prainha que facilita o desembarque e embarque de pessoas, região propicia para a pesca esportiva. Fonte: http://www.embarquenaviagem.com/2012/05/16/piuma-o-balneario-das-belas-e-tranquilas-praias-do-sul-do-es/ http://rotasbr.com/regiao-sudeste/espirito-santo/piuma/
Copyright © 2016 - polonininota10.com.br Criação e desenvolvimento: Infosites
LAZER A 90 quilômetros de Vitória/ES, o balneário de Piúma, tem algumas das praias mais bonitas e tranquilas do sul Capixaba. Somado a isso, boas opções de gastronomia e badalação diurna e noturna. A praia de Piúma, com cerca de 4km, é rasa, com ondas fracas e areia fina. Na maré baixa, possibilita caminhar dezenas de metros mar adentro com água pela cintura. É conhecida como a "Cidade das Conchas" devido a abundância de conchas encontradas. PONTOS TURÍSTICOS: Monte Aghá  Símbolo natural do município, com 340 metros de altura e forma cônica, o Monte Aghá se destaca na paisagem e chega a ser utilizado como marco seguro para navegação em todo o litoral sul do Estado. Além de atraírem jovens e adultos para caminhadas, as fortes correntes de ar, na face leste do monte, permitem a prática de vôos livres. O nome “Monte Aghá”, em puri antigo, quer dizer “lugar de se ver Deus”. Nele floresce, em outubro, a orquídea azul “SinningcaAghacnse”, descoberta por Roberto Kautsky. A flora e a fauna do monte são ricas em bromélias, emas e animais silvestres. Ilha do Gambá Tombada como patrimônio paisagístico, é refúgio pra aves e animais marinhos. Nesse parque natural foram descobertas anêmonas ainda não catalogadas no mundo. É a maior em qualidade de algas marinhas do Brasil. Própria para a prática de trekking, mountain bike, pesca e mergulhos. Possui uma pequena praia com águas calmas, onde se desenvolvem também as conchas. Ilha do Meio Está localizada a 500 metros da praia. É um parque natural tombado como patrimônio paisagístico. Sua flora é rica em bromélia, orquídeas e árvores nativas. Bastante procurada para pesca de arremesso. Quando a maré está baixa é possível chegar até ela a pé. Ilha dos Cabritos Parque natural de flora e fauna tombado como patrimônio paisagístico. Sua praia é pequena e de águas cristalinas. É coberta por matas nativas, com trilhas rústicas próprias para caminhadas. O acesso é feito por barco ou escuna, a partir da Ilha do Gambá ou da Praia do Corujão. Com ancoradouro para barcos e veleiros, a ilha fica a 15 minutos do continente e possui restaurante com especialidade em frutos do mar e moqueca capixaba. Abriga, na sua proximidade, a fazenda marinha da maricultura, com cultivo de ostras e sururu. Ilha dos Franceses Parque natural de flora e fauna, a ilha é patrimônio paisagístico. A 45 minutos do continente, o acesso é feito de barco e deve ser programado com antecedência. A praia é pequena e as águas transparentes são indicadas para a prática do mergulho. O local possui um farol construído no ano de 1730 pelos franceses e alimentado por energia solar. Na gruta do Judeu, no centro da ilha, o cientista Augusto Ruschi descobriu o morcego pescador, uma espécie em extinção. Feira do Sol De projeção nacional, a Feira do Sol concentra um grande número de artistas, que expõem seus trabalhos. Já fazendo parte do roteiro turístico da cidade,os expositores – de todos os lugares do país – representam a diversidade da produção artesanal local e, também, brasileira. O forte da feira são o artesanato local, peças de vestiário para praia, antiguidades, pratarias e discos, além de bijuterias. Outra atração são as barracas de alimentação que vende doces, pastéis e comida típica. Feira de Artesanato Localizada na Praça Dona Carmen, na Avenida Beira, a Feira de Artesanato comercializa todo tipo de peça artesanal produzido no município, principalmente o artesanato de conchas, como cinzeiros, cortinas, luminárias, brincos, chinelos e souvenirs de várias formas.   Praça dos Pescadores – Cais Alcides Abrahão Localizada em frente ao manguezal e na beira do Rio Piúma. Ancoradouro para barcos de pesca e passeio pelo rio, local de encontro das famílias de pescadores.   Santa da Pedra Localizada na Boca da Barra, a imagem de Nossa Senhora da Conceição, foi doada por um padre Jesuíta em 1955. Ela está dentro de uma caixa de vidro, sobre uma pedra localizada no canal da foz do Rio Piúma. É a Santa protetora dos pescadores.   Praça das Garças Em frente ao manguezal do rio Piúma, serve de repouso e reprodução das garças capineiras, que chegam a revoada todo o fim de tarde, um espetáculo para os turistas.   Morro do Ilkyara É um dos pontos mais altos da cidade, possui uma antiga construção de umHOTEL . Tornou-se um mirante com vista panorâmica de 360 graus em direção à ilha de Piúma. Localiza-se na Rodovia do Sol a poucos metros do Monte Aghá.  Morro do Americano Vista panorâmica da cidade e região, localizado no bairro Portinho. Do alto do morro, pode-se ver a cadeia de ilhas, praias, rio, manguezal e Monte Aghá. Capela de São Pedro Localizada próximo ao Cais Alcides Abrahão, a Pequena Capela de São Pedro construída pelos pescadores que queriam homenagear o seu padroeiro São Pedro. Mercado de Peixe Localizado na beira do rio Piúma, Praça Oenes Taylor, é também porto para atracar os barcos pesqueiros. Mariscos e frutos do mar são comercializados no local. Praia do Lameirão (Ponta do Camarão) Praia calma pertencente à Ilha do Gambá. As atividades no local vão do banho de sol e de mar à pesca e lazer aquático. Praia Acaiaca Logo após o Lameirão (início da praia, onde a areia monazítica forma uma espécie de “lama” escura), é uma praia também de águas rasas e de poucas ondas, própria para crianças e idosos. É onde começa a parte mais movimentada da orla piumense durante a alta temporada. Boca da Barra Fica próximo ao centro da cidade. Na margem direita do rio temos a “Praia Doce”, na margem esquerda o Morro do Ramiro. É a saída para os barcos de pesca de Piúma em direção ao alto mar. A Boca da Barra também oferece diversão para os surfistas locais, em ocasiões de mar agitado, proporcionando ondas propícias ao esporte durante a baixa-mar. Praia Doce Praia de águas calmas, areia fina e solta. Está exatamente na foz do Rio Piúma, Oferece instalações como quiosques e pousadas. Nela, estão a Igreja de Nossa Senhora da Conceição e o IFES – Instituto Federal do Espírito Santo. Praia do Coqueiral Praia mansa, areia monazítica é onde se concentra famílias e crianças, concha pó, lisa; asas de anjo e búzios. Praia do Corujão Fica logo depois da Praia do Acaiaca, é a área mais badalada da orla durante o verão. Águas rasas, porém com ondas um pouco mais fortes é a mais frequentada pelos turistas. Dela saem barcos e escunas para diversos passeios no litoral, como Ilha dos Cabritos e dos Franceses e até mesmo para outras praias em cidades próximas. Os banana-boats fazem a alegria da criançada e dos adultos também. Praia Maria Neném ou do Aghá A maior em extensão, porém pouco frequentada, possui águas rasas e muitas ondas, sendo propícia ao surf e kitesurf. Em suas areias podemos encontrar uma grande variedade de conchas, onde as “catadeiras” garimpam o material necessário para fazer o bonito artesanato em conchas de Piúma, o qual já é bastante conhecido e apreciado, até mesmo fora do país. Praia do Pau Grande Praia de águas profundas próprias para pesca de robalo, cação e badejo. Ótimas ondas para a prática do surf. Local tranquilo mesmo na alta temporada, sua água possui elevado nível de salinidade. Fica a 02 km do centro. Lagoa da Conceição Própria para a cata de conchas para artesanato, que se faz com peneira dentro d’água. É divisa dos municípios de Piúma e Anchieta.   Pedra de Itapetinga Localizada entre a praia do Martinho Moreira e Maria Neném, é um berçário para a reprodução de marisco e peixes. No período da baixa maré forma uma prainha que facilita o desembarque e embarque de pessoas, região propicia para a pesca esportiva. Fonte: http://www.embarquenaviagem.com/2012/05/16/piuma-o-balneario-das- belas-e-tranquilas-praias-do-sul-do-es/ http://rotasbr.com/regiao-sudeste/espirito-santo/piuma/
Copyright © 2016 - polonininota10.com.br Criação e desenvolvimento: Infosites